24 de out de 2008

Poetas da Poemas à Flor da Pele reunidos em Bento Gonçalves: Baby Sônia Grillo, Kedma (atrás) Bilá Ademir Baca, CarmemVerloet,Soninha Porto e Dora Dimolitsas (atrás)

3 de out de 2008

XVI Congresso Brasileiro de Poesia


Estarei lá encontrando amigos, conquistando novos, respirando a poesia que lá há em todos os ares;

Estarei lá ouvindo versos, declamando outros, encontrando alunos atentos em várias escolas;

Estarei lá nos saraus, nas apresentações, nas sessões alegres de lançamento dos livros;

Estarei lá. mais uma vez, vivendo uma semana de sonhos.

Bilá

28 de set de 2008

Poemas de Fabiano Silva

FABIANO SILVA nasceu em Fortaleza/CE, em 1976.
Mudou-se em 1980 pra Belém, onde reside atualmente.
Escreve pouco. Não participa de concursos nem coletâneas. Não tem livro publicado.



DESSEMELHANÇA

Escrevo um texto
Com simetria
Mas o meu peito
Tem arritmia.


JORNADA

Às vezes ensaio
Incerta viagem
Pra longe de mim.


CONTRAPESO

Indefinidamente
Arrasto qualquer coisa
Que parece comigo.


SEPARAÇÃO

Você partiu
Levou consigo
Coisa pouca
Além da roupa.

27 de set de 2008

Paz

Paz
comemoração
entre amigos
garoa caindo

água a seguir
no córrego estreito

nascente de rio
criança a sorrir
idoso na rede
seu caso a contar

pássaros no ninho
lua vesperal
que nasce clarinha
junto ao sol a brilhar

nascente ou poente
ao longo do mar
barco deslizando
criança a brincar

subida em montanhas
olhar o infinito
pensar coisas boas
deitar e dormir
outro dia chegar

Paz deveria ser
muito mais simples
bem mais
que pombo a voar

Bilá Bernardes

2 de jul de 2008

Poemas de Roberta

Dois belos poemas que encontrei no livro de Roberta Teperino Gomes, de Lagoa da Prata:

Frasco Sem Tampa

Seu jeito irreverente,
persistente em ser gigante
quando ainda é formiga...
de derramar-se livremente
como frasco sem tampa
em mãos desatentas...
de pisar fundo na poça
com vontade de experiência...
encoraja-me a pesquisar
o que há dentro de pessoas tristonhas...


Despertar

Acorrenta-me
os punhos
e obriga-me ao cálice
da verdade.
Quem sabe assim,
o verso triste
não doa tanto em mim.

1 de mai de 2008

Aniversário da Poemas à Flor da Pele


Paz e Poesia - Certificado


Poetas pela Paz e Poesia é um Movimento idealizado por Cláudio Márcio Barbosa e criado por ele com o apoio dos amigos Clevane Pessoa e Marco Llobus. Clevane convidou Bilá Bernardes que prontamente aceitou colaborar na organização e participar do Movimento.

20 de mar de 2008


Claudia Tostes Fernandes de Almeida é uma artista visual com experiência em magistério de artes, experiência em redação de projetos na área sócio-cultural; experiência em direção e produção de eventos artísticos e construção e desenvolvimento de web site.
Prezados Poetas e amantes da PAZ e da POESIA -
Em 30/03 ,contamos com a participação de todos:
Paz e Poesia

Homenageando A Mulher, dia da Poesia, dia do Livro, do bibliotecário, do Revisor Gráfico e do Artesão.

Belo Horizonte MG. 30/03/2008 - Das 10 às 13h
Contamos com a participação de todos
Recolhimento de livros de poemas para distribuição gratuita .
Os livros serão embrulhados para presente e doados na feira de artesanato da Av. Afonso Pena, na capital mineira.
- Pontos de Recolhimento:
Centro Cultural Alto Vera Cruz (CCAVC) - Rua Padre Júlio Maria, 1577 - B. Alto Vera Cruz - Tel: (31) 3277-5612
Centro de Cultura Lagoa do Nado (CCLN) - Rua Ministro Hermenegildo De Barros, 90 - Itapoã -Tel.: 3277-7420
Centro Cultural Pampulha (CCP) - Rua Expedicionário Paulo de Souza, 185 - Urca - Tel: (31) 3277-9292
Centro Cultural São Bernardo (CCSB) - Rua Edna Quintel, 320 - São Bernardo - Tel: (31) 3277-7416
Centro Cultural Zilah Spósito (CCZS) - Rua Carnaúba, 286 Jaqueline - Tel: (31) 3277-5498
Casa de Cultura Arte pela Paz - Av.Olegário maciel 1233, Lourdes - Tel: (31) 3292-3802
Centro Cultural Venda Nova (CCVN) Rua José Ferreira dos Santos, 184 - Novo Letícia - Tel: (31) 3277-5533
Rua Mangabeiras da Serra, 320 - Serra (Vila Marçola) - Tel: (31) 3277-5250
Pelo Correio: Ao Movimento Poetas Pela paz e pela Poesia - Rua dos Assistentes sociais, 244 - Belo Horizonte MG CEP: 0840-080
Aos poetas:
Solicitamos aos poetas que nos enviem dois poemas não muito grandes, ( menos 25 linhas, incluindo os espaços, título e nome de autor ), até dia 23/03, para serem impressos, com os devidos créditos e distribuídos na data - CHUVA DE POESIA - enviar os poemas para e-mail
bilapsi@gmail.com ou poesiaepaz@gmail.com
Após a distribuição dos livros e a chuva de poesia - os poetas subirão até a Praça da Liberdade pela rua da Bahia (ato simbólico).
Nessa ocasião, os Poetas presentes, se o desejarem farão a apresentação de seus poemas.
O traje pedido para participação no dia é branco.Pode-se usar camiseta branca por cima dos trajes, pois os poetas poderão escrever versos uns nos outros.

O encontro é apolítico, sem protestos, apenas pela POESIA E PELA PAZ
Estão convidados grupos afins:de capoeira, tai-chi-chuan,reiki,dança, teatro, malabarismo, artes circenses,desenhistas, etc, que poderão apresentar-se pacificamente
e/ou escrever,desenhar em painéis de cartolina.Escolas poderão levar crianças , adolescentes e jovens, grupos de terceira idade,origamistas,
floristas,ecologistas,universitários,etc,etc,todos de branco ou com as citas camisetas, para que os poetas possam escrever versos nelas.
APOIO PAZ POESIA
Divulgadores e parceiros: Aldrava Letras e Artes, Jornal Aldrava, Jornal Telescópio, Arete- Educar, Blocos OnLine, Portal Vânia Diniz, Plurarts Editora (Wagner Torres), ALPAS XXI, AVSPE, AVBL, Coro Coletivo, Cão Xadrez, Revista Nota independente, Associação Guatá, ABDIC - Jornal Grito Cidadão, Chancelaria do InBrasCi, na Ilha da Madeira, CBLP, Movimento Cultural aBrace, MUNAP, Galeria da Árvore, Academia Municipalista Feminina de Letras, AMI, Cercle Univ. des Ambassadeurs de La Paix-Genebra - Suiça, Poetas del Mundo, InBrasCi-GOV/MG. Proyecto SUR

20 de fev de 2008

XVI CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA


Dentre todos os projetos desenvolvidos durante o CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA, o que mais vem repercutindo junto à comunidade escolar de Bento Gonçalves é o POESIA NA ESCOLA, que consiste na publicação da Coleção "Poesia do Brasil", antologia que terá neste ano de 2008 publicados os volumes 7 (Coordenado por Cláudia Gonçalves) e 8 (Coordenado por Ademir Antonio Bacca).



No ano de 2007, foram entregues para a Biblioteca Castro Alves distribuir às escolas do município 1.200 exemplares dos volumes 5 e 6 e a previsão é de que este ano possamos chegar aos 1.500. A exemplo do ano passado, as antologias serão publicadas com antecedência, para que cheguem às escolas no máximo no início do mês de agosto, possibilitando assim que os alunos possam conhecer um pouco do trabalho dos poetas que vão estar no evento em outubro.As antologias obedecerão às seguintes normas:1 - o sistema será cooperativado com custo de R$ 540,00 por poeta, que podem ser pagos da seguinte maneira:a – 3 parcelas de R$ 180,00 (vencimentos: junho, julho e agosto)b – 4 parcelas de R$ 135,00 (vencimentos: maio, junho,julho e agosto)c – 2 parcelas de R$ 270,00 (vencimentos em junho e agosto)d – parcela única (vencimento em setembro)


2 - número de páginas por participantes: 6, sendo 5 com poemas e a restante com biografia e foto do autor;
3 - número de exemplares que cada autor terá direito: 40 além dos 20 que cederá para distribuição por ocasião do lançamento da antologia e para as escolas.
4 – cada volume contará com 344 páginas e tiragem de 3.500 exemplares
5 – A remessa dos exemplares será paga pelos poetas.
O lançamento oficial das antologias será nas noite dos dias 7 e 8 de outubro, dentro da programação oficial do XV Congresso Brasileiro de Poesia.
Gostaríamos de contar com sua participação no VOLUME 8
Abraços



Ademir Antonio Bacca
Presidente Proyecto Cultural Sur/Brasil
Coordenador Congresso Brasileiro de Poesia


31 de jan de 2008

Uma das Pérolas do Bacca

From: Ademir Antônio Bacca
MONOGLOTA POLINÍVEL

Um político que estava em plena campanha chegou a uma cidadezinha, subiu em um caixote e começou seu discurso:

- Compatriotas, companheiros, amigos! Nos encontramos aqui convocados,reunidos ou ajuntados para debater, tratar ou discutir um tópico, tema ou assunto o qual é transcendente, importante ou de vida ou morte. O tópico, tema ou assunto que hoje nos convoca, reúne ou ajunta, é minha postulação, aspiração ou candidatura à Prefeitura deste Município.

De repente, uma pessoa do público pergunta:- Escuta aqui, porque o senhor utiliza sempre três palavras para dizer a mesma coisa?- Ah, responde o candidato, pois veja, meu senhor: A primeira palavra é para pessoas com nível cultural muito alto como poetas, escritores, filósofos, etc A segunda é para pessoas com um nível cultural médio como o senhor e a maioria dos que estão aqui. E a terceira palavra é para pessoas que têm um nível cultural muito baixo, pelo chão, digamos, como aquele bêbado ali jogado na esquina.

De imediato, o bêbado se levanta cambaleando e responde:- Senhor postulante, aspirante ou candidato . (hic). O fato, circunstância ou razão de que me encontre em um estado etílico, bêbado ou mamado ... (hic) não implica, significa, ou quer dizer que meu nível cultural seja ínfimo, baixo ou ralé mesmo . (hic). E com todo o respeito, estima ou carinho que o senhor merece... (hic), pode ir agrupando, reunindo ou ajuntando ... (hic), seus pertences, coisas ou bagulhos ... (hic) e encaminhar-se, dirigir-se ou ir-se diretinho à sua genitora, mãe biológica ou puta que o pariu.