17 de mar de 2009

Antônio Dayrell

Em Busca da Paz

© Antônio Carlos Dayrell de Lacerda Gontijo

À memória de Pierre Weil*

Pela paz soltaram as pombas do cativeiro,
um ano foi especialmente dedicado.

Pela paz construíram as armas,
homens perderam suas vidas,
famílias se viram destruídas.

Pela paz criaram a ONU, a OTAN
e o Pacto de Varsóvia.

Alinharam forças e fizeram as alianças.

Pela paz ameaçaram a paz.
Multidões saíram às ruas.

Pela paz desenvolveram a tecnologia
e construíram as bombas.

Pela paz envolveram a humanidade em temor.

Assinaram os tratados.

Pela paz emparelharam armas.

Confrontaram-se.

Pela paz HIROSHIMA e NAGASAKI foram arrasadas.

Tudo isso,
uma simples palavrinha,
que se esqueceram de viver em paz
e não somente pela paz


* Professor Ph.D., escritor, com mais de 40 livros publicados, e psicólogo-educador francês, radicado no Brasil. Criador da Universidade Internacional da Paz - UNIPAZ. Pregou a descoberta dessa paz interior na interação do indivíduo em suas relações sociais com o meio ambiente. Faleceu no dia 9-10-2008 em Brasília, sede da UNIPAZ.
antoniodayrell@ig.com.br


Um comentário:

Antônio Carlos Dayrell de Lacerda Gontijo disse...

Bilá Bernardes é doce
ela vive no mel
coração.

Obrigado Poetisa Bilá por prestigiar o trabalho de um amigo, dando destaque no seu blog.

Abraço.

Antônio Dayrell
antoniodayrell@ig.com.br